Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

docarlos

docarlos

21.04.19

A INGLÓRIA TENTATIVA REFORMISTA


docarlos.blogs.sapo.pt

Certos politicos auto-proclamados, de Esquerda, fazem o discurso da transformação da UE, pela via de melhores condições de trabalho e de outros bens comuns aos povos.

Nada mais errado, ou antes, nada mais do que oportunismo para continuar tudo na mesma. Esta União Europeia, é do capital e não serve os povos. Continua dividida em países, onde apenas circulam livremente, pessoas, bens e dinheiro, e pouco mais de metade do Continente serve, nem mesmo o €uro a abrange na totalidade.

Pretender transforma-la por dentro, é lutar quixotiscamente contra moinhos de vento. Lutar sim, concertadamente até, mas com o objectivo de a destruir, tomar o poder não seus países e, então, reconstruir uma Europa, una nas diferenças, democrática e a caminho do socialismo.

04.04.19

PORTUGAL DOS TRISTES


docarlos.blogs.sapo.pt

A respeito dos novos tarifários dos transportes públicos

A inveja, faz parte do quotidiano de muitos portugueses, mas não é esse o maior dos problemas. Geralmente, aquilo que poderia ser essa manifestação tão própria dos portugueses, não passa de serem formas de ataque a tudo o que é justiça social.

Compreende—se portanto, que alguém que estude ou trabalhe a alguns quilômetros da sua aldeia, veja com maus olhos as benesses dadas aos residentes nas grandes áreas metropolitanas, mas já não se compreende, ou antes, não se pode aceitar, que alguém que viva no Litoral, principalmente nas AML ou Porto (e se for oriundo da província, muito menos), condene uma medida dessas, esquecendo que é ali que se concentram as grandes comunidades de trabalhadores por conta de outrem. 

Trata—se nestes casos, de mera arrogância a respeito daquilo que é feito aos impostos que paga, esquecendo que quanto menores forem os gastos dessas famílias, mais todo o país, incluindo o interior, se desenvolve. São pessoas que nunca andaram de TPs, que têm carro próprio para eles e familiares, que nunca perderam uma lagosta, um cinema, umas férias por falta de dinheiro. São os entregam o filho (nunca mais do que um), nos Colégios Privados. São aqueles que choram o dinheiro que eventualmente irá para leite (porque quem o gasta em drogas, viaja à candonga), mas aceitam pacificamente é até concordam com o que vai para os bancos.....

........São as "bestas" que empatam "f..d..s" no avanço civilizacional e humanista.

 

07.03.19

I & D


docarlos.blogs.sapo.pt

AS UNIVERSIDADES E A SOCIEDADE CHAMADA CIVIL

 

O Ensino Superior, tal como o Ensino Profissional, deviam estar obrigatoriamente ligados e serem financiados, por impostos especiais às empresas da área de sede, para as quais e região, deveriam investigar e fazer projectos, embora sempre dentro do âmbito público, tal como este deveria fornecer indicações, sob análise do INE, sobre as necessidades do país.

 

 

06.03.19

AQUECIMENTO GLOBAL


docarlos.blogs.sapo.pt

Não estará na hora de......

Começo a crer, que estamos todos a olhar para trás, a tentar remediar o irremediável.

O aquecimento global, não é mais do que o preço que a natureza está a cobrar pelo progresso. Então, não estará na hora  de olharmos para o futuro, e preparar—nos para as consequências, lidar com elas, e pôr, p ex, a agricultura com temporização adequada às novas condições !?

20.01.19

SE EU SOU, TAMBÉM ÉS


docarlos.blogs.sapo.pt

A propósito do já famoso contrato entre a Câmara de Loures e uma empresa em Nome Individual, propriedade de um indivíduo que, por acaso, é familiar indirecto (genro) do Secretário Geral do PCP, tenho que deixar no ar, uma série de perguntas a todos os cidadãos deste país:

— Alguém se lembrou de perguntar ao citado empresário a sua filiação partidária?

— Alguém já parou para pensar, se fosse eticamente repreensivel um empresário ou trabalhador, ser de um partido ou ter familiares em partidos nos lugares chave, não havia quem trabalhasse nos, ou para, instituições públicas?

— Alguém já analisou em termos económicos, quanto deixou a Câmara de Loures de pagar pelo mesmo serviço?

— Alguém já comparou esta situação, as suas vantagens, a outras no género, com desvantagens para o erário público?

— Alguém já tomou noção, de que os pagamentos auferidos por uma empresa por prestação de serviços, não podem ser comparados a salários, mesmo que esta seja em Nome Individual, pois têm de incluir custos de peças de substituição, ou novas, transportes, impostos e salários de diversos pessoas, quando as há?

Tudo serve para atacar, quando não há argumentos!

07.01.19

COMEMORAÇÃO


docarlos.blogs.sapo.pt

100 anos (postagens)

É verdade. Este é o 100° Post deste meu blogue e, confesso, nem sei o que hei—de escrever:

Eleições? Corrupção? O avanço da extrema direita? Coletes coloridos? Crédito a crescer? A falta de bebés? Professores sem luz ao fundo do túnel? Os crimes a que os enfermeiros estão a ser levados a cometer? A porcaria das TVs? A fome em África? O ambiente mal tratado?

Chiça!!, uma coisa boa, por favor....

Falemos de amor, de fraternidade. (Mas ainda existe essa coisa?)

Um abraço a todos!!

29.12.18

Criminosos q. b.


docarlos.blogs.sapo.pt

A justa luta dos enfermeiros, está a ser aproveitada, politicamente, da pior maneira pelos dirigentes da Ordem e alguns Sindicatos. A senhora ex Deputada e actual dirigente da Ordem, numa ânsia partidária de dificultar o trabalho do Governo (pois sabe que não está na sua mão derrobá—lo), tudo tem feito para que o trabalho do mesmo saia pior do que aquilo que vai saindo. 

Desde as colectas públicas, ilegais, até às criminosas "ausências" das cirurgias (sei do que falo), tudo tem feito em nome da "liberdade" e do direito à greve, para que o Governo desgoverne, e o povo se revolte contra a situação.

Pois bem:

Em nome da liberdade, do direito à greve e do SNS, exijo ao Governo duas coisas:

Primeiro, que constitua as carreiras especialistas adequadas aos enfermeiros, com a respectiva recompensa salarial; contrate mais  enfermeiros e estabeleça a exclusividade no sector público.

Segundo, que detenha e leve a Tribunal, a, e os, responsáveis por esta irresponsabilidade criminosa.

24.12.18

RIGOROSAMENTE...NADA


docarlos.blogs.sapo.pt

Ou quase nada

Passou mais um ano, cheio de nada.

Os professores, nada.

Os enfermeiros, nada.

O SNS, nada.

A Justiça, nada.

Protecção Civil, nada.

Impostos, nada.

Investimento do Estado, nada.

Etc........

Valeu—nos a macroeconomia, que a maior quantidade monetária em circulação fez crescer, principalmente com a diminuição do desemprego [(sinal de investimento) (mas não pensem que aumentamos a frota pesqueira ou a produção de bens?! Simplesmente tivemos mais turistas)], e o pagamento de alguma dívida ao exterior.

Portugal no seu melhor!!!

FELIZ NATAL

 

29.11.18

...E PORTUGAL CONTINUA


docarlos.blogs.sapo.pt

Um Orçamento de Estado anti—direita, mas não pró—esquerda, é o ranho/ranho do mal menor, na procura de milagres económicos, em vésperas de outra crise capitalista.

A única coisa positiva, é a experiência parlamentar, que se usada na próxima crise, pode evitar o descalabro das classes mais frágeis, dos trabalhadores, pois foi provado que há mais mundo capitalista para além do da austeridade. Mais dinheiro em circulação, mesmo sem direito a poupança, é benéfico para a economia.