Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

docarlos



Terça-feira, 06.10.15

....., e Agora?

                        Tal como previ, a política de Direita, que pretensamente serviria para salvar Portugal, - leia-se bancos - da bancarrota, mas que acabou por enterrar ainda mais a nossa já fraca economia, foi derrotada nas urnas por cerca de 800 000 votos, ficando na AR com uma minoria de Deputados.                         E agora que vai fazer o Partido "Socialista": vai aliar-se mais uma vez à Direita? Vai assobiar para o lado, e abster-se na AR? Ou vai fazer exactamente aquilo para o qual o povo, os seus votantes, o mandataram...., derrotar a coligação fascista na AR e, com o PCP, Verdes e BE, governar Portugal, na senda do progresso? Já agora, que vai fazer o PR: cumprir as ameaças veladas que fez, ou cumprir a CRP?                        POVO. A luta ainda não acabou. Está agora a começár!                        Adivinha-se mais uma traição do P"S", com abstenções ou mesmo alianças à direita. Se incluirmos nas contas, pequenos partidos que ficaram fora da AR, possivelmente, aproximamo-nos dos 900 000 votos de diferença: muita gente, num universo de cerca de 5 milhões de votantes. Se a estes juntar-mos os votos nulos, brancos e a esmagadora maioria dos abstensionistas, gente que o faz sob protexto da politica seguida nas ultimas decadas, estaremos perto dos 7 milhões que disseram NÃO a PPC, Portas e Cavaco & Cia. Mais uma vez, Direita reaccionária, ganhou com cerca de 20% dos votantes possiveis. Quer o P"S", que o PCP, Verdes e BE, abdiquem das suas posições anti europeistas. Se será facil ao Bloco fazê-lo, partido constituido por meninos pequeno/burgueses, a quem mais uns euros já contenta, nunca poderá contar com tal, por parte do PCP. A história está aí a provar a razão dos comunistas, quanto à sua posição sobre a UE e o Euro. Claro, que quer cedessem quer não cedendo, o P"S", irá sempre aliar-se à Direita, a não ser que suceda um milagre. Em declarações à TV, um famoso palhaço da nossa politica, disse que o P"S", vai "fritar em lume brando, a coligação" deixando passar algumas coisas, até que daqui a um ano e meio, dois anos, aliar-se-à ao BE e ao PCP numa Moção para derrubar o Governo: e tem razão. Vai fazê-lo, quando vir oportunisticamente, que tem condições para ganhar eleições antecipadas. Tem razão esta alma penada da nossa politica. Assim, a luta tem de continuar. Assim, a campanha eleitoral tem de prosseguir por parte da CDU, todos os dias, todas as horas. Cada militante, cada simpatizante, tem de garantir um objectivo em votos para daqui a dois anos, no máximo. Tem da haver um esclarecimento do povo, um trabalho de sapa, junto de velhos e novos, de pobres e classes médias, principalmente destas, que constituem a maioria do proletariado português. O trambulhão não foi grande, ou mesmo nenhum: apenas não foram alcançados objéctivos (não confundir com os objectivos de victória do P"S"). A CDU, tem de se alargar a outras forças de esquerda, respeitando a sua identidade, mas que tenham objectivos identicos essênciais, como o caso da independêcia em relação à UE. Tem de se demonstrar pelo metodo marxista, fazendo ver como se analizam situações conflituosas, identificam contrários e resolver qual deles tem de sair vitorioso desse movimento, conforme os interesses de momento, junto das populações de mais fraco conhecimento. Ninguém morreu, apenas ficamos desiludidos. Levantar a cabeça, e dizer bem alto: EU POSSO E FAÇO !

Autoria e outros dados (tags, etc)

por docarlos.blogs.sapo.pt às 01:11


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031