Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

docarlos



Terça-feira, 10.03.15

OS GOLPES DO BCE E AS MENTIRAS DOS LACAIOS

                        Mais uma golpada do mundo financeiro, que começou nesta Segunda-Feira: o BCE, fazendo palavra ao que tinha decidido, começou a "compra" de divida pública. 
                        Fingindo ir ao encontro das criticas e opiniões de diversos economistas reputados, resolveu que durante 19 meses, iria comprar divida pública afim de aliviar os encargos dos paises, principalmente dos mais frageis, injectanto assim, moeda na economia europeia, e conseguindo uma inflação na ordem dos 1,5 %, contrariando portanto, o processo deflacionista em que a Alemanha colocou o resto da Europa.
                        Mas as contas, contrariam esta acção do Banco Central Europeu, tal como o processo de intenções. Este, então, é clamoroso, porque o dinheiro entrado, será para a Banca Privada injectar na economia, e nós sabemos como eles o fazem: ou no crédito ao consumo, provocando mais importações, ou desviando o dinheiro para aplicações financeiras e para contas offshore, acabando por deixar os paises ainda mais depenados; quando deveria ser em aumentos salariais e de pensões e, principalmente, em crédito barato às empresas produtivas, não para exportações, outro embuste que nos encaixam, mas sim para o consumo interno.
                        Além disso, a inflação prevista com a compra da divida, é irrisoria para as necessidades, 20/30 % em dois anos no caso português.
                        Quanto à compra da divida em si, então os números desmentem todo os discursos que a cambada de lacaios, nomeadamente a "nossa" Maria Luís, têm feito. No caso português, devido ao controlo da compra que reza nos cardápios do BCE e do Eurogrupo, para uma divida de cerca de 215 MM€, o Banco Central, irá adquirir "apenas" cerca de 17 MM€, quantia que não chega aos 8 % do total. A montanha irá parir um rato, e a Alemanha, que precisa dos periféricos para vender os seus produtos de luxo que por lá feitos, quer os feitos nos paises de mão-de-obra barata e vendidos como alemães, irá continuar a sacar os gastos salariais desses países e o dinheiro dos contribuintes para pagamento das dividas.
                        
                  

Autoria e outros dados (tags, etc)

por docarlos.blogs.sapo.pt às 23:57



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031